Blog

Video – Managing Stakeholders as Clients PMI-SP

Seus projetos ocorrem em um mundo dinâmico de partes interessadas, incluindo stakeholders ocultos que não estão listados em qualquer organograma. O sucesso nos projetos depende da sua capacidade de atender ou exceder as expectativas dosstakeholders. Para isso, é necessário adotar novas abordagens para envolver e gerenciar stakeholders.

O objetivo deste webinar é apresentar o framework Managing Stakeholders as Clients, começando por estabelecer um entendimento avançado a respeito da teoria dos stakeholders. Em seguida, serão apresentadas ferramentas e técnicas para guiar os gerentes de projeto, passo-a-passo, através do processo complexo de gestão das partes interessadas.

Baseando-se igualmente na pesquisa, experiência de ponta e modelos de gestão comprovada, o framework Managing Stakeholders as Clients ensina como identificar e envolver as partes interessadas logo no início dos projetos, como descobrir o que eles realmente querem e como gerenciar, monitorar e controlar o seu envolvimento em todo o seu projeto.

Livro disponível em: http://amzn.to/10NgtpV

Artigo: Managing Stakeholders as Clients – Revista MundoPM

Este artigo apresenta a abordagem “Managing Stakeholders as Clients”, que consiste em associar modernas técnicas de ‘vendas complexas’ à tradicional teoria dos stakeholders para permitir maior compreensão e envolvimento na gestão dos stakeholders em projetos. O objetivo é contribuir para o sucesso no gerenciamento de projetos, identificando, criando e agregando valor de acordo com as perspectivas dos stakeholders nos projetos.

Patrocínio de Projetos – Sponsorship

Todos já estivemos nesta posição. Os gerentes de portfólio fizeram seu trabalho de estabelecer objetivos a longo prazo e uma estratégia clara. Projetos foram selecionados e priorizados. E ainda assim a organização está com dificuldades em compilar os benefícios reais do projeto, ou seja, resultados que criarão valor de negócio e contribuirão nos objetivos estratégicos do projeto. Essa dificuldade recai subseqüentemente sobre o portfólio.

Tal desconexão está freqüentemente associada a um patrocínio fraco, e isso é geralmente o resultado do patrocinador do projeto desconhecer seu papel. Quando isso acontece, ele não está apto a apoiar o projeto de uma forma alinhada ao plano estratégico da empresa. Patrocinadores do projeto são importantes na seleção, categorização, alocação de recursos, monitoramento e comunicação do progresso de um projeto ao alto escalão de uma organização. Por ser um tomador de decisões de alto nível, um patrocinador do projeto efetivo dá ao portfólio mais agilidade e flexibilidade para adaptar e absorver mudanças.

Gerenciamento de Riscos em Projetos

Gerenciamento de riscos ganhou atenção maior nos últimos anos devido a vários acontecimentos adversos inesperados nas mais diversas áreas. Os projetos, em particular, estão bastante sujeitos a riscos devido às características de unicidade e novidade nos resultados. Alguns dizem que planejar e gerenciar riscos é ineficaz, acreditando que sempre existirão riscos não identificados, os unknowns unknowns (Taleb, 2010). Outros acreditam que o gerenciamento de riscos resolve todos os problemas, sendo usado inclusive para corrigir o mal planejamento do projeto. São duas abordagens extremas que devem ser evitadas. Para um gerenciamento de riscos coerente e consistente, é necessário definir não apenas o gerenciamento de riscos dos projetos, mas também a governança de riscos na organização como um todo.