Gestão de Mudanças e Gestão de Projetos #Stakeholders

Gestão de Mudanças e os Stakeholders

Quando pergunto às pessoas qual a atitude delas em relação a mudanças, as respostas são variadas. Em geral, elas pretendem demonstrar o quanto flexível e adaptável elas são. Afinal, ninguém quer a fama de resistente, contrário ou retrógrado, certo?

No entanto, a realidade é bem diferente, como você já deve saber. A grande maioria de nós não quer mudar. Somos defensores do status quo e de nossas zonas de conforto, por natureza. Temos diferentes percepções, formação e experiência.

Além disso, temos medo, diferentes expectativas e interesses em relação ao novo. É por isso que a mudança é difícil! E os projetos criam algo novo, um resultado único. É fácil provar o ponto que nós não gostamos de mudanças que nos prejudicam. Mas e as mudanças positivas, aquelas que nos beneficiariam?

[space]

Coloque-se No Lugar dos seus Stakeholders

Às vezes, vejo os gerentes de projeto reclamando dos stakeholders. Eles dizem, “Stakeholder X não sabe o que quer, sempre muda de idéia” ou “Stakeholder Y é muito negativo, inimigo, sempre obstáculos ao meu projeto”, e assim por diante.

As partes interessadas não são o problema. O problema é o projeto. Afinal, o que é um projeto? Um projeto é um esforço temporário para criar um resultado único. Assim, seu projeto vai criar algo que não existia antes, algo que não estava lá.

Um projeto é uma perturbação no ambiente.

Sabendo que o projeto é uma perturbação no ambiente, a gestão de mudanças deve ser ainda mais enfatizada, uma vez que existe uma resistência natural. Envolver e engajar os stakeholders efetivamente é crucial para o sucesso do projeto. Para compreender suas expectativas e necessidades, precisamos considerar o projeto sob a ótica de cada um dos grupos de stakeholders.

 

Adote uma Nova Atitude em Relação à Mudança

É comum ouvir gerentes de projetos reclamando dos seus stakeholders. Temos um cliente que sempre muda de ideia, um gerente funcional atrapalhando o projeto, um órgão de regulamentação colocando novos obstáculos e muitos outros. A grande verdade é que os stakeholders não são o problema. Os stakeholders apenas estão defendendo seus interesses dentro de suas zonas de conforto. O projeto é o problema. Afinal, o que é um projeto?

Imagine um projeto para implementação de um novo sistema ERP na sua organização. Aos olhos dos gerentes funcionais, o sistema atual está funcionando bem. O seu projeto é o problema, vai trazer dificuldades, exigir migrações de dados, gerar retrabalho e demandar que esses gerentes aprendam a usar o novo sistema. Será que eles são a favor do projeto? Estão propensos a ajudar o projeto?

Você e o seu projeto vão modificar e impactar o ambiente. Por isso, é importante conhecer o contexto do projeto e seus stakeholders. Como gerente do projeto, você deve conhecer as expectativas dos stakeholders e suas necessidades para convence-los em relação aos benefícios do projeto, obter suporte e alinhar expectativas. Quando as partes interessadas estão insatisfeitas, o projeto tem grandes chances de fracassar. Lembre-se:

O sucesso do projeto depende de partes interessadas expectativas e percepções.